Lesões em jogadores de futebol profissional se agravam com condição de tratamento inadequado

22/07/2015

Modalidade esportiva mais praticada e apreciada pela grande população mundial pode estar se deixando desviar. Com a busca descomedida por resultados e superação dos limites físicos, jogadores e a própria equipe acabam se expondo a alguns excessos.

Quando se tem um clube estruturado e sério, é comum que se realize trabalhos de cunho preventivo, dentro e fora de campo, justamente para diminuir a ocorrência de lesões e os prejuízos que isto acarreta. “Diante à uma lesão, a proposta se modifica, o ideal é dar a melhor condição possível de forma que se consiga a cura no menor prazo”, relata Péricles Machado, fisioterapeuta e diretor da clínica Physio Athletic.

É muito importante que o diagnóstico seja preciso e precoce para que também se tenha condições imediatas de início ao tratamento, privilegiando assim melhores resultados. Por mais que isto nos pareça lógico, não é o que se observa com frequência. “Por motivos escusos e alheios à nossa vontade o que ocorre são retornos ou tentativas de retornos em fase onde a lesão não está plenamente restabelecida, o que acaba que provocando a recidiva. O alto índice de atletas com histórico de tentativas frustradas de retorno sustenta esta afirmação”, relata Pericles.

Machado explica que as lesões mais comuns acontecem nos membros inferiores sendo em especial entorses de tornozelo e joelho e ainda lesões musculares e tendíneas.

A Physio Athletic está localizada à Praça Boa Ventura Ferreira da Rosa, nº 354, no Jardim Sumaré, em Ribeirão Preto. Mais informações através do telefone 16.3234.8373 ou no site www.physioathletic.com.br