Técnico de futebol Vagner Mancini se recupera de lesão em Ribeirão Preto

10/11/2016

O técnico de futebol Vagner Mancini, natural de Ribeirão Preto e com passagem por importantes clubes como Cruzeiro, Grêmio, Santos e Atlético Paranaense, está na cidade para tratar uma lesão no joelho direito e uma contratura na panturrilha. O atleta se machucou durante uma partida recreativa de futebol, realizada com a equipe do Vitória, time onde atuou como técnico até setembro deste ano.

Sobre sua passagem pelo time baiano, o ex-técnico conta que foram 16 meses de muito trabalho e dedicação e que um dos principais objetivos era voltar o time para a séria A. “Era muito importante para o Vitória voltar à elite do futebol nacional e conseguimos. Depois, o objetivo era ganhar o campeonato Baiano de novo e reconquistar a vaga na Copa do Nordeste e na sequência, entrar no brasileiro com um time forte, onde tivemos dificuldade em virtude de uma série de coisas, inclusive contenção de despesas, mas os objetivos foram alcançados”, conta Mancini.

A lesão aconteceu durante uma jogada em uma “pelada”. Vagner deu um chute com o peito do pé na bola e acabou se machucando.  O fisioterapeuta esportivo Pericles Machado, responsável técnico da clínica Physio Athletic, conta que o técnico chegou na clínica em uma fase adiantada da lesão e por estar em Ribeirão Preto, com o tempo dedicado a cuidar de sua recuperação, está sendo possível fazer um polimento, uma etapa totalmente regenerativa que visa ajudar o indivíduo a se recuperar do estresse físico e mental. “A lesão que ele sofreu incapacita muito para o toque na bola com a parte interna do pé. Ela permite muitas atividades como correr, fazer musculação, mas especificamente bater na bola gera o estresse nesta lesão. O trabalho a ser feito agora está voltado para isso, dar condições para que ele adquira essa recuperação e volte a fazer o que ele gosta que é jogar e treinar futebol”, explica Pericles.

O fisioterapeuta explicou ainda que, ambas as lesões do atleta têm um prognostico bom e que fatores como biotipo, preparo físico e comprometimento ajudaram muito no processo de recuperação. “A alta está próxima. Agora estamos atrás de performance, trabalhar potência, arranque, alternância de direção e intensidade, tudo aquilo que tem no futebol”, comenta Pericles Machado.

O técnico, que fica em Ribeirão Preto até o final do ano, espera entrar em 2017 completamente recuperado e com novos projetos profissionais confirmados.